Nutrir é Viver

Oleaginosas do Bem

em 24/02/2014

Oleaginosas

As oleaginosas, conhecidas também por sementes ou frutas secas tem inúmeras funções benéficas, entre elas podem se destacar a redução no risco de câncer de cólon, mama e próstata, inibição de metástase e estímulo à imunidade da célula.

Essas frutas oleaginosas são fortemente temidas pela concentração de gordura que carregam em sua composição, porém, esse artigo é só um, entre muitos que associam positivamente seu consumo com a perda de peso.

Consumidas com moderação, podem ser adjuvantes na perda e manutenção de peso, pois contém fibra, proteína e seu teor de gordura favorece a saciedade.

A castanha de baru, seguida do amendoim, amêndoa, pistache e castanha de caju respectivamente, são as oleaginosas que apresentaram maior teor de proteína.

Por sua vez, a macadâmia, seguida da noz, que seguida da castanha de baru apresentaram maior teor de ômega-3, nutriente conhecido por seu poder altamente antiinflamatório.

Quanto aos minerais, podem ser enfatizadas a avelã e castanha de baru como fonte de cálcio; a castanha de caju e castanha de baru como fonte de ferro e amendoim e pistache ricos em sódio, portanto atenção especial aos 2 últimos itens, principalmente pessoas que tem pressão alta.

A castanha do Pará, atualmente chamada de castanha do Brasil merece destaque entre esse grupo, uma vez que é a maior fonte de selênio da nossa alimentação. O teor desse mineral varia conforme a região, porém ainda assim é considerada a maior fonte alimentar desse mineral tão importante para a atividade normal dos hormônios tireoidianos, por exemplo.

As oleaginosas são ótimas para acompanhar frutas, salpicar na salada, levar nos lanches e em outros momentos. Não há motivos para temê-las, mas são diversos os motivos para comê-las!


Beijos Gabi

Anúncios

5 respostas para “Oleaginosas do Bem

  1. Guida disse:

    Uau, alimentos que enriquecem e fortalecem nossa saude, thanks!!

  2. Regina Zaidan Pereira Mendes disse:

    Que dicas excelentes! Vou colocar em prática!!

  3. Leticia disse:

    Gabii elas podem valer pelo carboidrato da refeição? Pode comer a noite com salada? Outra coisinha, qual a quantidade que devo comer de cada vez? To abusando né!! Adorei! beijos

    • nutrireviver disse:

      Le, elas entram em outro grupo que não é dos carboidratos, até porque as oleaginosas tem maior teor de proteína e gordura e menor de carbo. A quantidade varia, depende um pouco de cada pessoa e também de como serão consumidas, se forem sozinhas é uma quantidade, se forem complementar outros alimentos é outra quantidade.
      Beijo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: