Nutrir é Viver

Eat Clean

em 12/11/2013

Se dê Conta - Genta
“Comer limpo”? “Coma limpo”? Limpo é o oposto de sujo, logo uma pessoa que não come limpo come sujo?
Esse é o atual conceito que está sendo disseminado por inúmeras pessoal, inclusive da área da saúde. Eu questiono então o que comem essas pessoas, pois eu como comida, simples assim.

As pessoas tem associado “eat clean” às frutas e hortaliças, alimentos sem glúten, sem leite, preparações protéicas, às vezes o termo também é associado a alimentos livres de agrotóxicos e outros aditivos e por aí vai. Porque um brigadeiro normal, que não seja protéico, não pode ser vinculado a esse termo? Ou um bolo bem gostoso? Qualquer alimento isolado, ou associado a outro em determinado momento NUNCA sujará alguém. Aliás, pode sujar sim, a roupa, a boca, o chão, a mesa, mas JAMAIS sujará o corpo/ organismo de qualquer pessoa.

Vejo no instagram inúmeros posts de café da manhã, lanches, almoço.. Tudo muito cheio de verde, frutas.. Isso é ótimo, pois são necessários para fornecer a energia e bem estar de cada dia. Mas são tão importantes e fundamentais quanto o pastel, vez ou outra, a coxinha e outros alimentos que favorecem o bem-estar imediato, ou não. Não se enganem, pois pessoas “saudáveis” também comem batata frita, bolo recheado de doce de leite com cobertura de chocolate, etc. O que não é saudável é não comer, ou comer e não apreciar, essas delícias.

A vida é doce, prazerosa. Permitam-se saboreá-la. Na realidade atual é muito fácil sermos dominados pelo sentimento de culpa. Culpa por não conseguir encontrar aquela pessoa querida, culpa por não estar em dois lugares ao mesmo tempo, culpa por chegar atrasado em um compromisso, por não conseguir praticar atividade física nos dias planejados, culpa por comer algo prazeroso, culpa que leva a culpa por não ter o “corpo perfeito”, o corpo almejado, aquele de capa de revista super modificado.

E se essa culpa fosse transformada em prazer? Será que não nos sentiríamos muito mais livres? Experimente trocar, quando possível claro, o sentimento de culpa por um sentimento positivo, que faça o prazer deste momento predominar na sua semana. Exemplo: deixar de ir à academia um dia para tomar sol na piscina ou então dormir mais um pouco, afinal você dormiu tarde no dia anterior. Ou coma aquele prato desejado que há tanto tempo você se proíbe. Será que ao invés de tantas auto proibições, se houvesse mais concessões, você não conseguiria fazer escolhas melhores, mais satisfatórias? Acredito que a “liberdade” seria mais verdadeira. É preciso dizer sim para poder dizer não! Dizer sim, para muitos, pode ser um aprendizado. É senso comum que o proibido é mais atrativo, mais gostoso, portanto liberte-se das auto proibições, pois deste modo você desfrutará muito mais das suas paixões, momentos gostosos e prazeres sem sentir que está “burlando regras” auto impostas.

O meu intuito com este texto é expressar o meu ponto de vista quanto a radicalização de uma “alimentação saudável”. Tudo que comemos é comida, e portanto não é sujo e não é limpo. É simplesmente…. COMIDA. São criados tantos termos para “comida” e essas invenções geram tanta angústia nas pessoas que questiono qual o objetivo de criar termos para “alimento”/ comida. No meu conceito pessoal (enfatizo!) alimento é toda e qualquer coisa que acalma, energiza e alegra o corpo e a alma.

O GENTA (Grupo Especializado em Nutrição e Transtornos Alimentares) criou uma campanha para incentivar as pessoas a questionarem suas preocupações. Quem puder entre na página e mergulhe. Achei muito bacana a campanha e o retorno da mesma. Infelizmente não consegui publicar esse post a tempo e a campanha foi encerrada, mas as mensagens estão registradas na página do facebook e são mensagens super interessantes.

OBS: A imagem do post é da campanha do GENTA. Selecionei essa por ter gostado muito da frase inicial.


Beijos Gabi

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: